fbpx

Blog Paulo Freire

Categoria: Educação Infantil

6 motivos para você incentivar o seu filho a ler

Desde pequenos começamos a “ler o mundo” a partir de nossas observações e das histórias que nos são contadas. Contos de heróis, poesias, ou, até mesmo, histórias do cotidiano, nos incentivam a imaginar situações e compreender o que se passa à nossa volta.

Ler um livro para uma criança é preparar terreno para a formação de um futuro leitor, apresentar, desde cedo, o mundo de possibilidades que a literatura e a linguagem podem oferecer. E a leitura, tanto individual quanto compartilhada, traz muitos benefícios. Pensando nisso, listamos 6 motivos para o seu filho ser incentivado a ler e ouvir histórias desde cedo.

1. Crianças que têm contato com a literatura desenvolvem linguagem e cognição de forma mais rápida

Ler e ouvir histórias trabalha a expressão e a ampliação do vocabulário. Quanto maior o domínio sobre a língua, mais facilmente a criança aprenderá a expressar seus próprios pensamentos e sentimentos.

2. A imersão nas histórias estimula a empatia

Estar em contato com narrativas e personagens ajuda as crianças a se colocarem no lugar deles, se transportando para outras circunstâncias, reais ou fictícias. Essa “viagem” no tempo/espaço facilita a aceitação de diferenças e a compreensão das diversas realidades existentes no mundo.

Ler para o seu filho antes dele dormir também auxilia na melhora da qualidade e duração do sono, diminuindo a agressividade e ansiedade infantis.

3. Histórias ensinam sobre o mundo e incita o senso crítico

Além de contribuir para o aprendizado de crianças em idade de alfabetização, a leitura traz informações sobre curiosidades gerais, história e geografia. São essas referências adquiridas ao longo dos anos que moldarão o senso crítico a ser desenvolvido durante a vida. O conhecimento adquirido nos livros contribui para a capacidade argumentativa e cognitiva desde a infância, o que pode ser um diferencial na fase adulta.

4. Pessoas que leem costumam ser mais criativas

A leitura influencia no desenvolvimento de habilidades artísticas e culturais, estimulando a criatividade e, consequentemente a capacidade de lidar com desafios de forma mais leve e saudável.

5. A escrita está condicionada à leitura

Com a ampliação do vocabulário, a tendência é que, quanto maior for o contato com a literatura, melhor será o desenvolvimento da escrita.

6. Trabalha o foco, a concentração e diminui a ansiedade

Ler e interpretar textos exige concentração para assimilar e lembrar conteúdos importantes das narrativas, extraindo ensinamentos e exercitando a memória. O ato de se transportar para outras situações também neutraliza o estresse e a ansiedade.